quinta-feira, 25 de novembro de 2010

O monitoramento de CO2 vai acontecer com mais frequência no Brasil

As mudanças serão feitas a partir de 2010

sexta-feira, 2 de outubro de 2009 às 12:26h

O documento que detalha a emissão de gases do efeito estufa pelo Brasil deverá sair com mais frequência e ser mais transparente a partir de 2010, mais não ficará pronto a tempo para a Conferência do Clima de Copenhague, em dezembro, que vai negociar o novo tratado de combate ao aquecimento global.

“Ao mesmo passo que o Brasil pretende intensificar o monitoramente deve investir no desenvolvimento de novas tecnologias que possam contribuir para a redução das emissões de poluentes”. Afirma o biólogo e tutor do Portal Educação Carlos Rodrigo Lehn.

O inventário brasileiro de emissões de gases do efeito estufa, atribuição hoje do MCT (Ministério da Ciência e Tecnologia), é um documento compulsório que o Brasil precisa entregar como membro da UNFCCC, a convenção do clima das Nações Unidas. O relatório atual, que está nos estágios finais de produção, deve cobrir todas as fontes de emissões brasileiras - indústria, agricultura, energia, desmatamento entre outros - de 1990 a 2000.



In: http://www.portaleducacao.com.br

Um comentário: